Salvador: capital baiana é recebe 1ª edição da Marcha das “Vadias”.

Neste sábado (02) aconteceu em Salvador a Marcha das Vadias, ou Slut Walk brasileira. O movimento, que começou em Toronto, no Canadá, em abril deste ano, teve início após um policial que dava palestra sobre segurança em uma universidade,  ter  ‘sugerido’ que as alunas não se vestissem como vagabundas para que, dessa forma, evitassem o abuso sexual e o estupro. E foi a partir disso, que mulheres de todo o país foram às ruas protestar pelo direito de serem donas do próprio corpo e não serem taxadas de vadias de acordo com as roupas que veste. A Slut Walk de Salvador, aconteceu junto aos desfiles em comemoração à Independência da Bahia, no 02 de julho. Em um cenário de protestos por diversos motivos, como a Usina Belo Monte, a revitalização do Pelourinho, e jornalistas pedindo uma melhoria no salário, heterossexuais, homossexuais, travestis, transsexuais, estavam todos juntos lutando contra o machismo exacerbado que existe no país, além da violência sexual.

Ícaro Ceita e Geverton Lima

O coordenador geral da Adé Bahia, Ícaro Ceita e seu companheiro Geverton Lima, Secretário da Adé Salvador foram agredidos na marcha. É que o casal caminhou de mãos dadas, o que causou a fúria de um cidadão homofóbico que num ato discriminatório partiu para agressão com palavras de calão ” Eu não gosto de viado, ou gosto é de comer mulher”, blasfemou o patético senhor. Ícaro se apromixou do “macaco cidadão” e disse em alto e bom tom que era feliz como homossexual e que caso ele não se retirasse iria chamar a polícia para levá-lo à delegacia. Diante da reação do ativista que “partiu pra cima” ( porém sem tocá-lo ou agredi-lo), o sujeito acovardou-se e saiu.

Outro episódio que revela o grau de intolerância e ignorância de nossa população, foi o fato de outro “macaco cidadão” vestido com uma camisa vermelha ter aparecido na janela da casa dele vestindo uma camisa vermelha com a mensagem “A minha camisa fica vermelha quando eu fico excitado” e começou a fazer deboche da cara de algumas manifestantes (que prontamente responderam com uma sonora vaia)

Fatos que demonstram a urgente necessidade de APROVAÇÃO PL 122 que equipara a homofobia ao crime de racismo e da implantação do PROGRAMA ESCOLA SEM HOMOFOBIA, vetado pela presidente Dilma recentemente ao ser chantegeada pala bancada evangélica, fundamentalista no Congresso.

Créditos para : http://6broadcast.com/2011/07/02/marcha-das-vadias-2011/comment-page-1/#comment-15

Efemérides baianas & http://oxdanoticia.com.br/index.php?menu=noticia&COD_NOTICIA=5264

Veja fotos:

2 comments for “Salvador: capital baiana é recebe 1ª edição da Marcha das “Vadias”.

  1. Lucas souza
    7 de julho de 2011 at 20:31

    Nossa as fotos tãaao peerfeeitas, o multirão jogou durooo

  2. CARLA CRISTINA
    29 de novembro de 2011 at 11:04

    AS PESSOAS PRECISAM ENTENDER QUE A OPÇAO SEXUAL DE CADA UM NÃO ACRIDE A NINGUEM E SIM A INTOLERANCIA E A FALTA DE RESPEITO Á INDIVIDUALIDADE ,SEXO É ENTRE QUATRO PAREDES E SO ENTERESSA A QUEM ESTÁ DENTRO . A NÃO SER QUE ALGUEM FIQUE IRRITADO POR QUE NÃO FOI CHAMADO,VIVA CADA UM A SUA VIDA SEJA FELIZ COM O QUE TEM E COM QUE PODE DAR ,BEIJOS
    VOCES SÃO SENSIVEIS E HUMANOS
    TODOS TEM DIREITO A SER FELIZ, DEUS QUE CRIOU A TODOS OS HOMENS E MACACOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *